Sobre Nós

Antônio Amaral Antônio Amaral é advogado, especialista em Economia do Meio Ambiente e atualmente trabalha na Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Paraná. Antônio sempre direcionou seus trabalhos para a conservação da natureza. O primeiro contato com a montanha foi aos 11 anos no Pico Agudo, aos 21 anos começou a praticar o esporte com frequência.

O fascínio pelas montanhas o levou a organizar longas expedições independentes e conhecer grande parte do Brasil e diferentes países e regiões com vocação para o montanhismo, como Argentina, Chile, Bolívia, Espanha, Suiça, França, Itália, Andorra, Áustria, Alemanha e outros.

Em 2014, consciente da importância que o ambiente de montanha trouxe para seu desenvolvimento pessoal e com desejo de propiciar para outras pessoas a imersão na natureza, criou a Gaia Montanhismo depois de realizar incontáveis travessias, trilhas percorridas e muitos anos de experiência organizando expedições nas montanhas.


MANIFESTO

Acreditamos que a imersão no ambiente natural desperta a consciência pela beleza e importância da biodiversidade e da necessidade de viver em um meio saudável e preservá-lo.

Acreditamos que os esportes de montanha são uma excelente oportunidade de superar desafios pessoais e participar de uma experiência de significado único, com repercussão para toda a vida.

Acreditamos no prazer do movimento em contato com a natureza, no compartilhar de experiências e na emoção da exploração e da aventura.

Acreditamos na igualdade que o montanhismo promove, independentemente das motivações e condições pessoais, na montanha somos todos montanhistas.

Nosso objetivo é ajudar a concretizar o potencial inato dos esportes de montanha para recreação e crescimento pessoal, e também para promoção de desenvolvimento social, consciência ambiental e compreensão cultural.

Queremos inspirar, nas pessoas, a certeza de que a pratica do montanhismo amplia a percepção de si próprio e ativa um processo de expansão e autoconsciência.


DIFERENCIAIS

- Trabalhamos com grupos pequenos;

- Guias experientes;

- Roteiros são previamente conhecidos;

- Rastreamento da expedição em tempo real;

- Equipe de apoio em terra totalmente integrada à expedição;

- Equipamentos novos e tecnológicos;

- Seguro especifico para o esporte;

- Reuniões prévias para tratar da logística;

- Apoio individual para compra ou aluguel de equipamentos e descontos especiais em lojas parceiras;


VALORES DO MONTANHISMO

• Dignidade humana – a premissa de que seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos e de que devem tratar uns aos outros em espírito de fraternidade. Atenção particular deve ser dada para equalizar os direitos de homens e mulheres.

• Vida, liberdade e felicidade – como direitos humanos inalienáveis e com a responsabilidade especial nos esportes de montanha de ajudar a proteger os direitos das comunidades em áreas montanhosas.

• Proteção da natureza – como um compromisso para assegurar o valor ecológico e as características naturais de montanhas e paredes em todo o mundo. Isso inclui a proteção de espécies ameaçadas de flora e fauna, de seus ecossistemas e da paisagem.

• Solidariedade – com uma oportunidade de, por meio da participação em esportes de montanha, promover trabalho em equipe, cooperação e compreensão, e superar barreiras em função de sexo, idade, nacionalidade, nível de habilidade, origem social ou étnica, religião ou crença.

• Realização pessoal – como uma chance de, por meio da participação em esportes de montanha, progredir significativamente em metas importantes e lograr satisfação pessoal.

• Verdade – como reconhecimento de que a honestidade em esportes de montanha é essencial para a avaliação de feitos. Se a arbitrariedade toma o lugar da verdade, torna-se impossível valorar a performance na escalada.

• Excelência – como uma oportunidade de, por meio da participação em esportes de montanha, esforçar-se para atingir metas ainda inalcançadas e para estabelecer padrões mais elevados.

• Aventura – como reconhecimento de que, em esportes de montanha, a administração do risco por meio de avaliação criteriosa, habilidades e responsabilidade pessoal é um fator essencial. A diversidade de esportes de montanha permite a qualquer um escolher sua própria aventura, na qual habilidades e perigos estejam em equilíbrio.